Conto de Ficção Científica Online contando uma possibilidade para a história da humanidade antes de acontecer.


1 de outubro de 2011


Frases para Reflexão

Frases para Começar o Dia


(Continuação de Sinaptrônica –Parte 2)
Nova Atlântida. Uma cidade perfeita. Esta era a mensagem exibida nos céus a cada trinta minutos. Por mais que se tratasse de uma propaganda era fantástico, olhávamos para cima e uma imagem holográfica gigantesca girava nos céus, o maior outdoor que já vi, exibindo uma cidade totalmente auto-sustentável em meio a peixes e outros animais marinhos. Por mais que todos os dias o sistema nos mostrava o mesmo holograma, não conseguíamos deixar de olhar, pois era espetacular a visão daquela cidade dos sonhos.
Primeiro víamos a cidade por fora e de repente a cúpula da cidade se abria e era apresentado o interior com um sistema de transporte perfeito, educação perfeita, segurança perfeita, saúde perfeita, enfim uma vida perfeita. Está era a mensagem.
Enquanto este gigantesco anúncio pairava sobre nossas cabeças – graças aos Espelhos Hipotérmicos – milhares de trabalhadores se dedicavam em diversas partes do mundo a fabricar todo tipo de infra-estrutura para a Nova Atlântida, o projeto estava dentro do cronograma e aparentemente tudo corria bem.

------------------------------------------------------------------------------
Amigo, se está começando a ler Sinaptrônica por este texto é aconselhável ler antes como tudo começou, para entender melhor a história.
------------------------------------------------------------------------------

Aliás, os Espelhos Hipotérmicos pareciam de início apenas uma maneira cara de resolver um problema ambiental, porém na verdade ninguém contava que o verdadeiro significado do termo “entre outras funções” - que constava no relatório da finalidade dos espelhos - seria tão abrangente. O projeto demorou dois anos para ser implantado, não foi fácil. Precisaram colocar em orbita milhares de espelhos especialmente construídos para eliminar o aquecimento global que vinha crescendo anualmente. As outras finalidades dos espelhos foram as que mais caíram no “gosto popular”, como por exemplo: o dia mais longo criado pelos espelhos – que segundo o supercomputador tornaria as pessoas mais felizes e saudáveis – ou ao Mund3D, um sistema que permitia ver qualquer lugar do planeta em alta resolução, em tempo real, através das câmeras instaladas nos espelhos. Foram estas e outras 37 funções que fizeram deles o ponto de partida para uma total mudança na forma de viver na terra.
Certamente a função que mais chamou a atenção foi a capacidade dos espelhos de produzir efeitos holográficos gigantescos nos céus. De início as multinacionais ficaram extasiadas com as possibilidades de divulgação. E foram semanas de campanhas de marketing até que bilhões protestos na rede social MyW “Convenceram” as empresas a parar com anúncios e os céus voltaram a ter azul. Bom, azul e muitos outros efeitos especiais. Quando algo precisava ser informado todos viam através dos Espelhos. E foi através deles que a Nova Atlântida se tornou o assunto principal no mundo em 2249.
Nem todos, no entanto, apoiavam a construção da cidade, um grupo de pessoas se destacou bastante naquela época, eram chamados de Minuanos, eles divulgavam informações dizendo que o lNeuron estava errando em suas decisões, mas foram ridicularizados durante anos, até que algo terrível começou a acontecer: sem qualquer explicação pessoas em várias partes do mundo começaram a desaparecer.

Clique aqui para continuar lendo

Gilliard Lima