28 de março de 2012
O que você gostaria de ter bastante?
O que você gostaria de ter bastante?
O que você gostaria de ter bastante?

Dinheiro? Fama? Sucesso? Amigos?
O que você gostaria de ter?

Talvez a sua resposta esteja em um dos itens acima, talvez.

Tenho vivido e analisado cada dia, cada experiencia, cada história que tenho o privilégio de conhecer, e a conclusão que cheguei é que nenhum deles irá lhe trazer o que você certamente precisa, e busca, consciente e inconscientemente.


  • Dinheiro parece ser solução para tudo, mas a doença vem mostrar que ele não tem todo poder. 
  • Fama não significa nada quando não possuímos o mais importante: paz para viver.
  • Sucesso? Pois bem, chegar ao topo pode revelar que nem tudo é como pensávamos, e o topo pode ser um lugar solitário.
  • Amigos fazem muita falta, mas eles não são perfeitos, falham muitas vezes, e não podem nos dar algo que buscamo por toda a vida: amor.
Chegamos a conclusão que nada disto, inclusive o dinheiro, não nos garante a felicidade.

Então, dirá você: o problema talvez esteja na pergunta, ao invés de perguntar o que gostaríamos de ter deveríamos perguntar o que gostaríamos de ser.

É realmente um ponto interessante. Gostaríamos de ser bons, prósperos, amigos, famosos ..., bem acabaremos por voltar a escrever uma lista muito parecida com a primeira.

A verdade é que passamos a vida tentando encontrar sentido. Encontrar uma razão para viver, algo para nos apegar. Algo para explicar porque estamos aqui, e para onde iremos nós. Como podemos ter uma felicidade duradoura?

A solução é simples e direta. Quando uma calculadora financeira é construída, a função dela é fazer cálculos financeiros - óbvio. O que nos incomoda e nos faz pensar é exatamente esta chama interior que nos impulsiona afim de que cumpramos com nossa função. Nada é por acaso.

Você foi criado para uma função específica. Deus criou o homem para viver em sua presença, fazendo o bem, servindo a Ele, o louvando e reconhecendo suas maravilhas, vivendo por Ele e para Ele. Deus amou a sua criação, nós. Luta por nós até hoje. E por nós entregou Jesus, seu único filho, para que por meio dEle pudéssemos nos aproximar do Criador dos Céus e da terra, e enfim cumprir nossa função.

Somente quando estivermos onde Deus quer, da maneira que Ele quer, teremos paz, esperança, perfeito equilíbrio, vida e satisfação. Somente nEle. Somente com Ele.

Gilliard Lima