Se soubermos valorizar as palavras de nossos pais, e os pais souberem falar palavras de bênçãos para seus filhos, teremos famílias mais saudáveis, formadas por pessoas muito mais abençoadas.


27 de maio de 2014
O Que Os Pais Dizem

O Que Os Pais Dizem


“Sirvam-te povos, e nações se encurvem a ti; sê senhor de teus irmãos, e os filhos da tua mãe se encurvem a ti; malditos sejam os que te amaldiçoarem, e benditos sejam os que te abençoarem.”
(Gênesis 27.29)

O Que Os Pais Dizem


Um leitor atento das sagradas escrituras notará facilmente que a benção de Isaque sobre a vida de Jacó se cumpriu integralmente, bem como sobre a nação que se originou por meio da descendência dele.

É comum a muitos filhos desprezar as palavras de seus pais, não valorizar a benção que vem através das palavras liberadas por eles. Mais comum ainda são os pais desconhecerem o poder que possuem de abençoar (ou amaldiçoar) seus filhos através de suas palavras. Na verdade, muito do que ocorre na vida dos filhos é decorrente de palavras lançadas por seus pais.

Se soubermos valorizar as palavras de nossos pais, e os pais souberem falar palavras de bênçãos para seus filhos, teremos famílias mais saudáveis, formadas por pessoas muito mais abençoadas.

Jacó, com todas as suas falhas, não falhou em valorizar o que poderia receber de mais valioso de seus pais: a benção. Valorizar a benção é o primeiro passo para ter acesso a ela, só podemos de fato alcançar algo se antes o valorizarmos, reconhecermos o seu valor.

Esaú – ao contrário – desprezou a benção, e por mais de uma vez demonstrou isto. O desprezo é o segredo para perder. Quando desprezamos algo estamos fazendo um convite para que isto saia de nossa vida.

Hoje ainda podemos desprezar ou valorizar a benção, tanto de nossos pais terrestres, como de nosso Pai Celeste. A decisão está em nossas mãos. E a única forma de provar que valorizamos é pagando o preço que for necessário para tomar posse dela. O melhor de tudo é que no nosso caso podemos ter acesso a benção de Deus mesmo não sendo o filho mais velho, pois Jesus, o primogênito de Deus, se tornou a maior de todas as bênçãos para seus irmãos.

Ele nos fez coparticipantes das bênçãos celestiais através de sua vida.

Façamos hoje, portanto, um propósito de valorizar o que, de fato, nos é licito buscar: a benção de Deus que se derrama em nossas vidas através de Jesus Cristo: A benção da reconciliação, por meio da qual temos novamente acesso ao Pai Eterno, e que nos permite desfrutar da Paz de Deus que excede todo entendimento.

Perguntas que geram Reflexão


1) Falo o que é bom para meus filhos? Minhas palavras são abençoadoras?

2) Valorizo ou desprezo a benção de meus pais?

3) Valorizo ou desprezo a benção de meu Pai Celestial?

Reflexão que gera Atitude


1) Leia o capítulo 27 de Gênesis.

2) Busque valorizar mais as Bênçãos de Deus que já estão presentes na sua vida.

Gilliard Lima
- Reflexão Bíblica publicada originalmente no site FraseseReflexoes.Net -

Clique aqui e receba estas Frases e Reflexões no seu email!