Pode o homem emprestar algo a Deus?


15 de maio de 2014
Reflexões
O melhor investimento

"Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência."
(Gênesis 15.5)

Quem poderá emprestar a Deus?


A Palavra de Deus diz em Provérbios 19.17 que "Ao Senhor empresta o que se compadece do pobre, ele lhe pagará o seu benefício.", mas hoje vamos falar sobre outro tipo de "empréstimo" a Deus. E para nos explicar como se faz nada melhor do que chamar um amigo de Deus: Abrão.

Abrão não tinha filhos e imaginava em seu coração que tudo que ele possuía, ou que viesse a possuir, ficaria para seu mordomo Eliézer, porém Deus tinha Seus Planos para a vida de Abrão. Deus lhe afirma que independente da aparente impossibilidade de ter filho Deus haveria de lhe dar, e mais ainda: daria a ele uma descendência tão numerosa que seria como as estrelas que não se pode contar. E Abrão creu em Deus.

Crer é acreditar, dar crédito, ou seja, oferecer algo agora antes de receber uma contrapartida. No caso o que Abrão tinha a oferecer? Sua fé. Abrão ofereceu sua fé a Deus esperando receber no futuro a benção prometida. Este é o caminho da benção: Primeiro Crer, Depois Receber. Primeiro Descansar, Depois Comemorar. Primeiro Esperar, Depois se Alegrar.

Acreditar não é difícil, difícil é continuar acreditando mesmo em face de diversas situações contrárias. Continuar com Fé é o nosso grande desafio. Aquele que perseverar até o fim é que será salvo, não basta uma decisão, é necessário permanecer nela até o fim. O galardão, a recompensa é o próprio Deus, sua presença, sua paz, seu amor. Deus diz a Abrão: Eu Sou o teu Escudo, o teu Grandíssimo Galardão. As escrituras nos ensinam a não olharmos para os problemas, mas olhar para Jesus. Não olhar para os tesouros desta terra, mas preservarmos nosso tesouro nos céus, pois os tesouros de lá permanecem eternamente.

Acreditar não é difícil, difícil é não perder o foco, continuar caminhando enquanto a benção não chega.

Acreditar não é difícil, difícil é continuar sempre lembrando que maior do que qualquer benção é a benção de ter Jesus como Salvador e Senhor.

Acreditar não é difícil, mas se não olharmos fixamente para Deus, se pararmos de ouvir a Sua Voz, passaremos a olhar para as circunstâncias, e ouvir as mentiras do Diabo ao invés de valorizar as Verdades de Deus.

Acreditar não é difícil, porém pode ser muito difícil acreditar em quem não conhecemos muito bem. Este não foi o caso de Abrão, pois ele já tinha experiências com Deus, já tinha ouvido Deus falar, mas acima de tudo tinha visto - muitas vezes - Deus agir. Abrão era um homem muito abençoado e reconhecia isto, e por reconhecer sua fé era fortalecida, e por ter a fé fortalecida era ainda mais abençoado, continuamente.

Acreditar não é difícil, pois acreditar significa dar crédito, e dar crédito para quem tem como pagar é fácil. Dar crédito a Deus não é difícil, difícil é esperar o Tempo de Deus para recebermos.

Sabe o que mais me intriga? Que Abrão creu em Deus mesmo depois de suas esperanças estarem se desfazendo. Abrão lutou contra sua própria desesperança, que era muito grande, e venceu. E permaneceu crendo.

E nós, como estamos? Você tem acreditado? Tem dado crédito a Deus? Emprestado a Ele sua fé para que Ele possa lhe devolver com juros extraordinários? Se a resposta for não, te convido a experimentar, posso garantir que não ficará decepcionado, este é o melhor investimento que um homem pode fazer estando na Terra: Investir no Reino de Deus. Não com dinheiro, mas com a sua Fé.

Empreste a Deus seu coração e Ele lhe dará outro melhor em troca.

Empreste a Deus sua vida, e Ele lhe pagará com a Vida Eterna.

Empreste a Deus sua fé e ele lhe devolverá suas bençãos.

Perguntas que geram Reflexão


1) Estou emprestando minha fé a Deus?

2) Se for receber "juros" de minha fé em forma de bençãos, qual seria o tamanho destes "juros"?

3) Reconheço o que Deus já fez?

4) Tenho crido continuamente, ou minha fé tem prazo de validade?

Reflexão que gera Atitude


1) Comece a dar crédito a Deus, Ele - no devido tempo - lhe recompensará por isto.

2) Continue a acreditar em Deus, mesmo que suas esperanças estejam no fim, pois é agora que sua fé realmente "vale ouro".

3) Acredite em Deus, mesmo que as circunstâncias estejam contra, pois se elas não estiverem contra, então não será necessário ter fé.

4) Leia o capítulo 15 de Gênesis hoje.

Não se esqueça que sem fé é impossível agradar a Deus, e que Deus pode se agradar tanto de sua fé que decida pagar por ela o que - aos seus olhos - pareceria impossível de receber.

Gilliard Lima


- Reflexão Bíblica publicada originalmente no site FraseseReflexoes.Net -