O sábio consegue ver o que os outros não conseguem, o humilde consegue escutar o que ninguém está disposto a ouvir, pois o sábio olha novamente, e o humilde escuta até o final.


9 de junho de 2014

Olhar, Escutar, Ver e Ouvir.


Olhar, Escutar, Ver e Ouvir.



"E veio José a eles pela manhã, e olhou para eles, e viu que estavam perturbados."
(Gênesis 40.6)

Sabedoria & Humildade


José estava preso e depois de um tempo na prisão recebeu o copeiro e o padeiro de faraó. Ambos haviam aborrecido a faraó. Estavam encarcerados. Depois de um tempo nesta situação tiveram um sonho e ficaram perturbados. José logo que os viu os interrogou, pois transpareciam que estavam preocupados. Eles lhe contaram seus sonhos enquanto atentamente José os ouvia e depois cada um recebeu a correta interpretação para o que haviam sonhado.

Quem lê este capítulo do livro de Gênesis pode até mesmo passar rapidamente pelo versículo 6, mas não podemos deixar de notar a atitude José, e principalmente aprender com ela. Observe como ele agiu: "E veio José a eles pela manhã, e olhou para eles, e viu que estavam perturbados.", primeiro José veio a eles pela manhã, José tinha como ocupação principal na prisão servir alguns prisioneiros, e entre os que ele servia estavam estes dois destacados homens, e certamente toda manhã José os servia. A função de José, o que ele havia recebido para fazer era isto: servir. Ele poderia fazer apenas isto e seguir o seu caminho, como qualquer outro homem em seu lugar faria, mas José não era um homem qualquer, ele olhou para eles, e viu que estavam perturbados.

Olhar é fácil, é um ato "quase que muscular", você mexe a cabeça, vira o corpo, abre os olhos e está olhando. Ver é um pouco mais complicado, você precisa entender o que está olhando para de fato "Ver". Alguém pode ir a sua casa, e se dispor a falar com você, a olhar para você, mas somente poderá ver o que está acontecendo se estiver disposto a entender você. É possível olhar sem ver, pois só vê quem está procurando entender. Quando olhamos para algo veremos inicialmente apenas o que nos chama mais a atenção, é automático, olhamos e vemos apenas o que queremos ver. Se não estivermos atentos olharemos e nada veremos. Ver exige atenção, é necessário se despir dos preconceitos, nos desvencilhar dos enganos, e quebrar as algemas que nos prendem a uma realidade que criamos para o nosso conforto, para então finalmente ver a realidade que está diante de nós. Ver é entender o que está diante de nossos olhos. José viu que eles estavam perturbados. José viu porque se importava com eles.

Ele estava disposto a entender o que estava acontecendo, e por conta disto quis ouvir deles por que estavam daquela forma. Não podemos entender outra pessoa se não ouvirmos, não apenas escutar, mas dar ouvidos as palavras que tem a dizer. Falar antes de ouvir é - como está escrito em Provérbios - uma grande tolice, uma vergonha. Ouvir é a chave para solucionar os problemas mais complexos, o que nos impede de ouvir é a excessiva vontade de falar, o engano de acreditar que já sabemos de tudo, o excesso de orgulho, a falta de amor. Só pode ouvir quem sabe que tem muito a aprender. Ouvir é exercitar a humildade, ao mesmo tempo ouvir é ter humildade. José ouviu o que eles tinham a dizer, sem interromper, sem antecipar o que eles iam falar, sem se precipitar, e por isto - depois - quando começou a falar ele falou sem errar.

"O que responde antes de ouvir comete estultícia que é para vergonha sua." (Provérbios 18.13)

A humildade de um homem não é difícil de ser medida, pois pode ser facilmente encontrada quando observamos quantas palavras ele consegue ouvir antes de interromper, ou ainda em quanto tempo se dedica a ver antes de emitir sua opinião. O orgulho é exatamente o contrário, se observa facilmente quando não se permite ensinar, acreditando que não há nada que alguém possa dizer ou expressar que ele mesmo já não tenha conhecido, visto, pensado, ou imaginado.

Falar com sabedoria é uma benção que está reservada aqueles que se exercitam em ouvir.

"Há alguns que falam como que espada penetrante, mas a língua dos sábios é saúde." (Provérbios 12.18)

A Humildade está pronta a mudar assim que conseguir enxergar a verdade que não havia visto antes, a reconhecer que ainda não sabia de algo. O Orgulho está pronto a reiterar sua própria verdade, ver apenas o que interessa, e ouvir apenas o que quer ouvir.

Qual é o maior em nós: o Orgulho ou a Humildade? Parece uma pergunta complexa, mas não é, na verdade é bem fácil de calcular: veja quantas palavras você fala e depois quantas palavras você ouve. Se você fala mais do que ouve está caminhando para o orgulho, se você ouve mais palavras do que fala está no caminho da humildade. Não concorda? Veja o que diz a Palavra de Deus a respeito destas questões, medite em cada uma delas até entender o que elas estão dizendo:

"O caminho do insensato é reto aos seus próprios olhos, mas o que dá ouvidos ao conselho é sábio." (Provérbios 12.15)

"Tens visto um homem precipitado no falar? Maior esperança há para um tolo do que para ele." (Provérbios 29.20)

"Até o tolo, quando se cala, é reputado por sábio; e o que cerra os seus lábios é tido por entendido." (Provérbios 17.28)

"O que guarda a sua boca e a sua língua guarda a sua alma das angústias." (Provérbios 21.23)

"O sábio ouvirá e crescerá em conhecimento, e o entendido adquirirá sábios conselhos;" (Provérbios 1.5)

"Porque o Senhor dá a sabedoria; da sua boca é que vem o conhecimento e o entendimento." (Provérbios 2.6)

"Os sábios entesouram a sabedoria; mas a boca do tolo o aproxima da ruína." (Provérbios 10.14)

"Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria." (Tiago 3.13)

"Em vindo a soberba, virá também a afronta; mas com os humildes está a sabedoria." (Provérbios 11.2)

O sábio consegue ver o que os outros não conseguem, o humilde consegue escutar o que ninguém está disposto a ouvir, pois o sábio olha novamente, e o humilde escuta até o final.

Ouvir e Ver são atitudes cada dia mais raras no mundo em que vivemos, pois ao contrário de Escutar e Olhar exigem um pouco de atenção, de amor, e principalmente de humildade, ou seja, artigos de luxo na sociedade moderna. No entanto não podemos nos conformar com esta realidade no meio daqueles que confessam Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador, pois Ele é o Mestre do Amor, da Atenção e da Humildade, e nós somos seus discípulos, e queremos seguir seus passos nesta jornada da vida.

Exercitemos, pois, o Ouvir com Atenção, Olhar com Amor e em todo momento a humildade de reconhecer que não sabemos de tudo, e certamente Deus mesmo nos dará a conhecer o que precisamos saber.

José estava disposto a ouvir, e também a ver, e por conta disto foi um instrumento nas mãos de Deus para revelar os Desígnios dEle para a vida daqueles homens. Que nós possamos seguir o seu exemplo, e também nos tornarmos sábios e humildes, assim como foi José.

Perguntas para Reflexão:


1) Estou ouvindo, ou apenas escutando?

2) Estou vendo, ou só olhando?

3) Acredito que sei de tudo, e que ninguém pode me ensinar algo novo?

4) Sei que não sei de tudo? Estou disposto a ficar em silêncio para ouvir o que os outros tem a dizer?

Reflexão na Prática


Leia hoje o capítulo 40 de Gênesis, buscando ver o que não viu até hoje neste texto.

Seleção de Reflexões Evangélicas


Confira agora esta seleção de Reflexões Evangélicas!

Gilliard Lima
- Reflexão Bíblica publicada originalmente no site FraseseReflexoes.Net -