Algumas vezes tentamos mudar outras pessoas e não conseguimos e então nos perguntamos: O que eu posso fazer? Confira nesta reflexão algumas considerações sobre esta importante questão.


25 de julho de 2014
O que eu posso fazer?

O que eu posso fazer?


"E vieram todos os sábios, que faziam toda a obra do santuário, cada um da obra que fazia, E falaram a Moisés, dizendo: O povo traz muito mais do que basta para o serviço da obra que o Senhor ordenou se fizesse."
(Êxodo 36.4-5)

O que eu posso fazer?



O que moveu o Povo de Israel a ofertar para a construção do tabernáculo?
A gratidão, o desejo de fazer parte da obra de Deus, e a fé de que o Senhor estava com eles.
Quando Moisés convocou todo o povo para trazer ofertas eles poderiam responder positivamente, ou não. Sempre que nós convocamos outra pessoa a agir de determinada maneira temos que ter em mente a seguinte verdade:

Só podemos ampliar nas outras pessoas algo que já está presente nelas.

Se convidarmos alguém a expressar gratidão, mas este sentimento não estiver em seu coração, não veremos nada. Ficaremos decepcionados, se não conhecermos esta verdade. Na verdade o ser humano não tem poder para criar algo do nada, ele tem sim habilidade para combinar diferentes elementos já existentes de maneira a criar algo novo. Quando tratamos com outro ser humano podemos até convocar alguém a ampliar determinado sentimento, mas estaremos limitados pelo que já está presente nesta pessoa, no que ela conseguiu gerar em seu interior combinando aquilo que ela já possuía.

Um exemplo prático: Queremos que alguém demonstre mais amizade, e para isto nós buscamos a amizade desta pessoa, fazemos para ela o que acreditamos que um bom amigo deve fazer. Se esta pessoa "sabe" o que é ser amigo ela poderá corresponder, porém se "amizade" não faz parte do seu repertório então veremos atitudes, palavras e sentimentos "fora do tom", sentiremos no final que fracassamos em gerar esta amizade, quando na verdade não podemos gerar algo em outra pessoa que já não esteja presente nela.

Quando tentamos gerar algo em outra pessoa e não conseguimos precisamos ver que possivelmente não estamos sendo bons professores. Um bom professor entende que não pode ensinar alguém a multiplicar sem que antes o aluno saiba somar. Não se pode ensinar alguém a ler as palavras se não conhecer antes as letras do alfabeto. Quando fracassamos na tentativa de ampliar algo nas outras pessoas precisamos recomeçar com algo mais básico, mais simples. Lembre-se dos ensinos de Jesus, sempre falava por parábolas, comparando as coisas celestiais com algo simples da rotina terrestre, com o objetivo de ser entendido pelos mais humildes. Sem um firme alicerce não se constrói uma casa firme.

Deus estava trabalhando com o Povo de Israel, muitas são as lições que eles precisavam aprender para poder corresponder ao chamado de Deus para a vida deles. Em algumas situações eles estavam demonstrando fé, em outras demonstravam dúvida, mas a cada dia que passava conheciam um pouco mais o Deus a que serviam, e nos seus erros e acertos nós somos hoje ainda edificados

No capítulo de hoje vemos que eles contribuíram para com a construção do tabernáculo com alegria, doando aquilo que tinham. Aprendemos aqui que só podemos oferecer aos outros algo que já possuímos.

Cabe a cada um de nós buscar combinar nossas experiências, aprendizados, sentimentos e pensamentos - ou seja, tudo aquilo que chamamos de "nossa vida" - com a finalidade de gerar o que é bom em nosso interior, confiando ainda que é olhando para o nosso Deus que haveremos de ver em sua Natureza Divina a inspiração que necessitamos para lutar contra o que mal que nos assedia e nos tornamos cada dia mais parecidos com nosso Maravilhoso Criador.

Só podemos ampliar nas outras pessoas algo que já está presente nelas.

Perguntas para Reflexão:


1) O que preciso gerar em meu interior que está faltando hoje?

2) O que estou tentando gerar em outra pessoa e não estou obtendo resultado?

Reflexão na Prática


Leia hoje o capítulo 36 de Êxodo.

Gilliard Lima

Seleção de Reflexões

Confira esta Seleção de Reflexões Evangélicas!

- Reflexão publicada originalmente no site FraseseReflexoes.Net -