"Deus não responde ao sofrimento e sim a busca por Sua Presença." - Luciana Eller


8 de janeiro de 2015
Libertador


Jesus é o nosso Libertador


"E os filhos de Israel clamaram ao Senhor, e o Senhor levantou-lhes um libertador, que os libertou: Otniel, filho de Quenaz, irmão de Calebe, mais novo do que ele. Então a terra sossegou quarenta anos; e Otniel, filho de Quenaz, faleceu.Porém os filhos de Israel tornaram a fazer o que era mau aos olhos do Senhor; então o Senhor fortaleceu a Eglom, rei dos moabitas, contra Israel; porquanto fizeram o que era mau aos olhos do Senhor. E reuniu consigo os filhos de Amom e os amalequitas, e foi, e feriu a Israel, e tomaram a cidade das palmeiras. E os filhos de Israel serviram a Eglom, rei dos moabitas, dezoito anos. Então os filhos de Israel clamaram ao Senhor, e o Senhor lhes levantou um libertador, a Eúde, filho de Gera, filho de Jemim, homem canhoto." (Juízes 3:9,11-14)


Deus não responde ao sofrimento e sim a busca por Sua Presença.



Em Juízes - capítulo 3 - a nova geração de Israel ainda não havia participado de nenhuma guerra, eram jovens sem experiência de batalha. Deus queria dar a eles oportunidade de aprender a lutar.

A batalha gera experiência, a experiência gera esperança, e a esperança não traz confusão. (Romanos 5.4,5) Quando ficamos confusos o que nos falta é experiência, experiências com Deus.

Deus deixou as nações vizinhas - inimigas de Israel - para pôr à prova esta nova geração, para ver se obedeceriam aos seus mandamentos, porém, o que aconteceu foi que os Israelitas se casaram e deram em casamentos as suas filhas, e logo passaram a servir aos deuses e ídolos desses povos.

Por causa desses acontecimentos Deus se irou contra eles, e permitiu que fossem derrotados por um rei da Mesopotâmia. Oito anos foi o tempo de que os Israelitas passaram sob o domínio desse rei, até clamar ao Senhor por socorro e Ele enviou um libertador que levou o povo a confissão e ao arrependimento.

Oito anos passaram debaixo de escravidão e sofrimento, e ao fim deste período Deus os ouviu, Deus não os ouviu por conta de suas inumeráveis queixas, mas os ouviu quando em meio ao sofrimento clamaram a Ele.

Deus deu a eles um libertador, e o seu nome era Otoniel. Por meio de Otoniel, do agir do Espírito de Deus na vida dele, os israelitas venceram o rei da Mesopotâmia e viveram por muitos anos em perfeita paz.

Deus não respondeu ao sofrimento deles, e sim a busca, ao arrependimento, a confissão.

Em meio a muito barulho normalmente não temos dificuldade para ouvir quando alguém chama o nosso nome. Deus da mesma maneira ouve quando o Seu Nome é mencionado, e ouve muito melhor do que nós. O barulho do sofrimento causado por nosso pecado não impede o Senhor Deus de ouvir o clamor de quem o busca com sinceridade.

O israelitas saíram da escravidão, alcançaram a liberdade e permaneceram assim durante todo o tempo da vida de Otoniel, que exerceu a função de juiz do povo de Israel, porém quando ele morreu novamente tornaram a pecar e se afastaram de Deus e foram derrotados e escravizados por mais dezoito anos.

Olhe que a cada vez que eles se afastavam de Deus passavam mais tempo com o coração endurecido até que Deus novamente se compadecia deles e lhes dava um libertador.

Assim como aconteceu com o Povo de Israel também estamos em guerra. O sofrimento e a escravidão do pecado pode ter nos aprisionado por muito tempo, mas também temos um libertador e o Seu Nome é Jesus Cristo.

Somos extremamente parecidos com o Povo de Israel. Pecamos. Falhamos. Sofremos. Nos arrependemos. Voltamos para Deus.

A grande diferença é que o nosso libertador é o próprio Filho de Deus. E enquanto os filhos de Israel deixavam de seguir ao Senhor quando o seu libertador morria, nós - ao contrário – passamos a seguir o nosso Libertador exatamente depois dEle ter morrido, pois Ele morreu, mas ao terceiro dia ressuscitou.

Se o problema - no passado - era o libertador morrer, Deus colocou um fim neste problema, e é por isto que hoje nos temos uma viva e inabalável esperança que está firmada em Jesus Cristo, nosso Libertador.

Luciana Eller e Gilliard Lima

Perguntas para Reflexão:


1) Tenho buscado a Presença de Deu?

Fonte de Sabedoria


Leia hoje o capítulo 3 do livro de Juízes.


- Reflexão publicada originalmente no site FraseseReflexoes.Net -