Reflexão evangélica sobre os Decretos de Deus.


28 de abril de 2012
[Reflexão do dia!]
Reflexão do Dia
Reflexão do Dia


Você já leu a reflexão anterior?

“Falarei do decreto do Senhor; ele me disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei.”
(Salmos 2.7)
Se um decreto de rei tem valor, quanto mais ainda os Decretos daquele que é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores!

Deus na sua sabedoria não faz nada sem um bom propósito.

Seus Decretos são profundamente sábios, nos mostrando o respeito que o Todo-Poderoso tem pelo nosso livre-arbítrio, ou seja, o direito de escolha que temos nesta vida.
Antes de começarmos a nos aprofundarmos no assunto, apenas duas observações:
  1. Assim como nós Deus também repetiu várias vezes certos decretos, um mesmo decreto será encontrado de diversas maneiras por toda a Bíblia, algumas vezes através de exemplos de vida, outras tantas como um profecia e por vezes uma frase solta em meio a um capítulo. A Sabedoria de Deus é insondável. Tudo se encaixa perfeitamente, é a busca continua que nos faz ver o que não vemos hoje.

    Veja a Reflexão do dia

  2. Não tendo a pretensão aqui de falar de todos os Decretos de Deus, visto ser isto impossível, pois em cada passagem da Bíblia podemos encontrar um ou mais Decretos de Deus, meditaremos apenas naqueles que mais se repetem em toda a Escritura Sagrada, aqueles que encerram a mensagem peculiar que tem transformado vidas através dos séculos.
Agora iniciaremos um passeio, onde iremos conhecer “Os Sete Decretos de Deus”, e o que cada um deles significa na sua vida, e finalmente como podemos também imitar o Pai Celestial emitindo decretos que venham trazer não só um bom presente mas um grandioso futuro. A felicidade é a recompensa para todo aquele que decide acreditar. Jamais sonhou aquele que nunca acreditou em seus sonhos.
Acredite, Deus tem muito mais para você do que você já foi capaz de sonhar ou imaginar.

Gilliard Lima

Esta reflexão faz parte do livro Os 7 Decretos de Deus que está sendo disponibilizado gratuitamente através deste site, acompanhe nos próximos dias - outras reflexões estarão disponíveis - ou leia outros artigos do livro clicando no link abaixo: