Qual o motivo deste sofrimento?


18 de junho de 2015
Sofrimento


Por que tudo isto nos sobreveio?



"Mas Gideão lhe respondeu: Ai, Senhor meu, se o Senhor é conosco, por que tudo isto nos sobreveio? E que é feito de todas as suas maravilhas que nossos pais nos contaram, dizendo: Não nos fez o Senhor subir do Egito? Porém agora o Senhor nos desamparou, e nos deu nas mãos dos midianitas." (Juízes 6.13)

Frases


A vida é bela, linda e maravilhosa, até que algo acontece e ficamos com a seguinte expressão na ponta da língua: Por que tudo isto nos sobreveio?

A pergunta, que ao longo dos séculos não mudou, continua buscando por uma resposta satisfatória, um consolo, uma explicação para os momentos de dor e sofrimento: Por que? Jó expressou estes sentimentos com toda força que lhe restava e chegou a dizer: "Quem me dera ser como eu fui nos meses passados, como nos dias em que Deus me guardava!" (Jó 29.2)

A verdade é que o sofrimento faz o homem parar e mudar de direção, e muitas vezes é a única maneira de nos fazer parar e mudar, pois - por natureza - não aceitamos mudar, até dizemos que vamos mudar, mas continuamos iguais (e algumas vezes piores) dia após dia.
Mas o sofrimento chama a nossa atenção, e nos convoca a mudar.

Quando Gideão disse a frase acima recebeu uma resposta valiosa: O que estava acontecendo tinha um motivo, e o motivo era:
Deus estava com eles, mas eles não estavam com Deus.
O povo de Israel havia se esquecido do seu Deus.
Nós então diremos: mas eu não me esqueci do meu Deus, e estou passando pelo pior momento de minha vida, por que?
Pois bem, vou lhe contar um segredo: sempre que temos uma questão a melhor resposta é sempre a mesma frase:

"E o que é que diz a Palavra de Deus?"

Se nos voltarmos para a Palavra de Deus teremos resposta para todos os nossos anseios, dúvidas e dificuldades. Sobre a questão acima a Palavra de Deus diz que nem sempre o sofrimento vem por pecado cometido pelo homem [lembra do cego de nascença que Jesus curou? (João 9)], mas pode ocorrer para que após o sofrimento se manifeste a Glória e o Poder das Obras de Deus.

Também podem ocorrer situações de aflição para que a Palavra de Deus e o Seu Reino se manifestem, por isto muitos morreram e ainda morrem por não negarem a Jesus Cristo, mas em meio ao sofrimento serão recebidos por Deus para uma eternidade de Paz e Consolo junto ao Rei dos Reis e Senhor dos Senhores.

Outro motivo é para que conheçamos verdadeiramente ao Deus que nós servimos e nós dEle nos aproximemos, e enfim possamos dizer como Jó disse: "eu te conhecia de ouvir falar, mas agora os meus olhos te vêem! (Jó 42.5)

Mas nenhum destes motivos era o caso de Gideão e do povo de Israel, o caso deles era pecado mesmo, eles haviam se esquecido do Deus que os tirara da escravidão, que os abençoou e amou de maneira tão especial. Deixaram de andar segundo o que haviam aprendido no início da caminhada. Deixaram de acreditar nas Palavras que Ele havia falado para eles quando ainda estavam começando a caminhar. Eles haviam rejeitado e abandonado o Senhor.

Eles não conheciam nem mesmo quem eles eram, e o sofrimento tem este poder violento de nos fazer ver quem realmente nós somos: Pequenos, frágeis, insensatos, ingratos, infiéis, inimigos de Deus, amigos dos prazeres, escravos do pecado enquanto somos chamados para ser servos da justiça.

Não sei em qual dos casos acima você sentiu em seu coração que está, mas não deixe de falar com Deus sobre isto, se você está passando por aflição, se o sofrimento bate em sua porta, peça a Deus alívio e Ele será o seu socorro bem presente, a Luz na escuridão, a saída, o escape, pois "aquele que pede recebe, o que busca encontra, e ao que bate será aberto" (Mateus 7.7) E se somos corrigidos por Deus não é para que venhamos a perecer como inimigos dEle, mas para que como filhos possamos aprender o que é necessário, afim de que conheçamos quem Ele é e quem nós somos de verdade, e desta forma nos preparar para estar com Ele por toda Eternidade.

Em meios as lutas, aprendemos a lutar. Em meio aos sofrimentos, aprendemos quem somos e a quem estamos servindo.

Gilliard Lima

Reflexão


"E o que é que diz a Palavra de Deus?"

"E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto."
(Romanos 8.28)

Leitura Bíblica Diária


Leia hoje o capítulo 6 do livro de Juízes


Reflexão publicada originalmente no site FraseseReflexoes.Net