Porque a reconciliação é importante? O que ela pode fazer na nossa vida? Qual o segredo para reconstruir um relacionamento destruído?


2 de junho de 2014

Acordo de Paz


Reconciliação: A Harmonia no Acordo de Paz



"Então Esaú correu-lhe ao encontro, e abraçou-o, e lançou-se sobre o seu pescoço, e beijou-o; e choraram."
(Gênesis 33.4)

Reconciliação: Acordo de Paz


Reconciliar vem de conciliar novamente, em outras palavras: eliminar um desacordo, entrar em acordo novamente. Acordo, por sua vez, fala de harmonia entre as partes, paz e amizade ao invés de ódio e guerra. Esaú e Jacó viveram em uma vida de atritos antes da distância os separar. Agora, eles teriam que voltar a viver como "vizinhos" e isto poderia ser motivo de grandes tristezas ou grandes alegrias. Poderiam Jacó e Esaú viver em paz? Eles teriam condições de construir depois de tantos anos o que já estava há muito destruído? A resposta - para sua surpresa - é Não! Eles não poderiam fazer isto. Então como foi possível o acontecimento acima descrito no versículo 4, capítulo 33 do livro de Gênesis? Simples: Jacó não era mais o mesmo.

Qual o segredo para reconstruir um relacionamento destruído?


A reconciliação só pode ocorrer se uma das partes mudar, se as duas continuam com os mesmos pensamentos que tinham antes a reconciliação não é possível. É necessário um novo acordo, e este acordo só acontece quando as duas partes estão dispostas a agir de maneira diferente.

Jacó fugiu para a casa de Labão, e lá teve um encontro com ele mesmo, ele viu em seu tio Labão as suas atitudes refletidas, o mesmo que ele fazia antes - enganava - agora alguém fazia com ele. Depois de encontrar que ele era Jacó teve um encontro com Deus, que mostrou para ele quem ele deveria ser. Jacó estava mudado, ele agora era outra pessoa, havia até recebido um novo nome: atendia agora por Israel.

Jacó buscava tomar o lugar que não era dele, mas Israel se humilhava perante seu irmão.
Jacó enganava, mas Israel falava com sinceridade.
Jacó queria a benção que era para o seu irmão. Israel, no entanto, queria abençoar o seu irmão.

Esaú também havia mudado, o coração dele não mais ansiava por vingança, Deus havia trabalhado na vida dele de tal maneira que entendeu que não era o que o irmão dele havia feito, mas a reação dele que faria a diferença. Ele se tornou um homem abençoado, pois não se entregou a amargura, mas aprendeu a perdoar, e Deus o abençoou. Ele era um novo Esaú.

Jacó e o antigo Esaú não podiam se reconciliar. Israel e o novo Esaú, sim, eles sim podiam entrar em acordo.

Nem sempre é necessário que as duas partes mudem para haver reconciliação, pense no relacionamento de Deus com relação aos homens: sabemos que Deus é perfeito, não tem necessidade de mudança, ele é o mesmo sempre, ontem, hoje e eternamente. Porém a reconciliação acontece quando uma das partes - o homem - muda de atitude, de pensamento, de coração, e se volta para o seu Criador.

Não podemos fugir do fato que nós só alcançaremos a vitória se estivermos dispostos a mudar. Mudar de pensamento e de atitude, mudar de verdade. Algumas mudanças nós podemos fazer ao encontrarmos quem verdadeiramente nós somos, outras só podem acontecer se encontrarmos com quem nos criou, aceitarmos Seus Conselhos e dermos ouvidos as Suas Palavras.

Reconciliação é um triangulo que só pode ser fechado quando estamos sustentando os seus três lados:


1° Lado: Reconcilia-te contigo mesmo: Aceitar quem somos, e fazer o que é necessário para mudar o que não está certo. Se não houver paz em nosso interior, fora dele muito menos ainda. A reconciliação tem sua base no amor. Se não amarmos a nós mesmos, como poderemos amar alguma outra pessoa?

2° Lado: Reconcilia-te com teu Deus: Entra em acordo com Ele enquanto há tempo. A Fé nos permite tocar o invisível, e antecipar a felicidade de uma promessa. Sem fé não temos acordo com Deus. Não há espaço para uma reconciliação baseada em princípios humanos, pois esta não é uma reconciliação entre seres humanos, mas entre Deus e o Homem. Por meio da Fé.

3° Lado: Reconcilia-te com o teu próximo: Se não posso viver em harmonia com a criatura visível, como viverei em harmonia com o Criador Invisível? Somos todos irmãos sobre a face da terra, nenhum é perfeito, e todos nós precisamos entrar em acordo. Paciência é um atributo indispensável para quem quer manter firme este lado do triângulo, pois precisamos suportar nossas falhas. Para que isto aconteça basta que estejamos firmes nas promessas de Deus, que inundam nosso coração com Esperança.

Reconciliação é Amar, Acreditar e Esperar.
Renunciar, Obedecer e ser Paciente.
Reconciliação é Viver em um Eterno Acordo de Paz.

Perguntas para Reflexão:


1) Tenho paz com Deus?

2) Tenho paz com meus irmãos?

3) Tenho paz comigo mesmo?

Seleção de Reflexões Evangélicas


Confira agora esta seleção de Reflexões Evangélicas!

Gilliard Lima
- Reflexão Bíblica publicada originalmente no site FraseseReflexoes.Net -